Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Amores estivais

 Voltam os raios de sol às avenidas. Ilumina-se, então, uma passadeira onde elas desfilam sem complexos, confiantes do seu caminho, como se o sol lhes perfumasse a alma. São belas executivas, discretas; são fashion victims de pernas douradas; são esquerdistas de ombros descobertos e o cabelo mal amanhado. Amo cada uma à sua passagem. A cada passo um novo amor. É a abertura triunfal do Verão, o brilho certo da inconsequência urbana.

 

publicado por António às 13:22
link do post

Correio:

antonionacidade@sapo.pt

arquivos

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

posts recentes

Início do II acto

O acordo

Manhã

Amores estivais

O Cristo-Rei

A hora do almoço

Quanto tempo o tempo tem?

A ida ao barbeiro II

A ida ao barbeiro I

Primeiras impressões

blogs SAPO

subscrever feeds